Interações – Sessão 2

Portugal Mais Velho: Desafios da Longevidade & Envelhecimento

27.01.2021

Um dos maiores sinais de prosperidade é, atualmente, o aumento da esperança média de vida. No entanto, as perspetivas sobre o envelhecimento não são as melhores: as pessoas idosas, mesmo que ativas, são globalmente encaradas como pessoas frágeis, doentes e dependentes, o que promove fenómenos de desrespeito pelos seus direitos, exclusão, marginalização e, não raras vezes, a situações de crime e violência. Foi por reconhecer esta realidade que a Fundação Calouste Gulbenkian e a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) desenvolveram, entre janeiro de 2019 e junho de 2020, um projeto que resultou no ‘Relatório Portugal Mais Velho’, onde se identificam algumas das lacunas das políticas públicas e da legislação em relação à violência contra pessoas idosas e se propõem medidas e recomendações para as colmatar.

A segunda sessão do Simpósio InterAções dá a conhecer este Relatório, desafiando as organizações a desenvolverem ações de divulgação e de capacitação dos seus agentes no sentido de prevenir e desocultar este flagelo social.

  • 14:30 Sérgio Cintra
    Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
  • 14:35 Luís Jerónimo
    Fundação Calouste Gulbenkian
  • 14:45 João Lázaro
    Associação Portuguesa de Apoio à Vítima
  • 15:00 Alexandra Lopes
    Universidade do Porto
  • 15:20 Marta Carmo
    Associação Portuguesa de Apoio à Vítima
  • 15:40 Debate (resposta a questões via chat)
  • 16:00 Mário Rui André
    Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Sérgio Cintra

Administrador, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

 

 

Luís Jerónimo

Diretor, Programa Gulbenkian Desenvolvimento Sustentável

 

 

João Lázaro

Presidente Executivo, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

 

 

Alexandra Lopes

Investigadora, Universidade do Porto

 

 

Marta Carmo

Jurista e Técnica de Projetos, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

 

 

Mário Rui André

Diretor da Unidade de Missão, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa