Enfermeiro (m/f) | Unidade de Cuidados Continuados Integrados

Ref.ª 309/RS/DIRH/2022

Descrição funcional:

Identificar, planear, prescrever, executar e avaliar cuidados de enfermagem, sob o modelo de um plano de cuidados de enfermagem, intervindo em articulação entre os diversos níveis de cuidados de saúde com o objetivo de promover a saúde, prevenir a doença e planear a reinserção social, aos indivíduos, famílias e comunidade., terá como principais responsabilidades:

  • Prestar cuidados, assentes nos diagnósticos de enfermagem, no planeamento das intervenções e na avaliação do resultados, visando o cuidado ou o encaminhamento dos utentes, numa estrutura integrada e articulada, em ordem a perseguir a melhoria do bem-estar e conforto dos utentes em situação de dependência;
  • Identificar situações de risco potencial e de crise, bem como realizar análise, proposta e implementação de soluções para os problemas encontrados;
  • Contribuir para a gestão de casos e monitorização da continuidade e qualidade dos cuidados promovendo o regresso a casa;
  • Colaborar no apoio e no suporte emocional às famílias ou prestadores informais de cuidados, capacitando-os para a integração do utente no seio da família;
  • Potenciar a integração dos utentes no seio da família, contribuindo para a efetividade dos cuidados e eficácia dos serviços prestados pelas instituições do SNS (Serviço Nacional de Saúde);
  • Contribuir para a existência de informação – registos de enfermagem – que traduzam as práticas dos enfermeiros e os resultados de saúde sensíveis aos cuidados de enfermagem;
  • Coordenar a atividade dos Auxiliares de Ação Médica;
  • Participar no plano individual de intervenção dos utentes e monitorizar os indicadores específicos definidos;
  • Integrar e colaborar ativamente nas diferentes Comissões da Unidade para que possa vir a ser designado;
  • Manter a confidencialidade e a segurança de toda a informação tratada no decurso da sua atividade profissional, em conformidade com os requisitos e normas de certificação.

 

Perfil pretendido:

  • Licenciatura em Enfermagem;
  • Cédula Profissional pela Entidade competente
  • Pós- graduação em Cuidados Continuados ou Cuidados Paliativos (preferencial)
  • Especialista em Enfermagem de Reabilitação (preferencial);
  • Boa capacidade de comunicação (verbal e escrita) e relacionamento interpessoal;
  • Elevada capacidade de planeamento e organização;
  • Elevado sentido de responsabilidade, confidencialidade e profissionalismo no cumprimento das regras éticas e deontológicas da profissão;
  • Disponibilidade e gosto pela formação contínua (como formando e formador);
  • Grande respeito e cumprimento das normas instituídas;
  • Autonomia e pró-atividade;
  • Boa capacidade de resistência ao stress e à frustração;
  • Gosto pelo trabalho com população idosa;
  • Capacidade para trabalhar em equipa multidisciplinar.

 

A SCML oferece:

  • Contrato Individual de Trabalho;
  • Enquadramento ajustado à especificidade da função;
  • Remuneração ajustada à atividade;
  • Oportunidade de valorização profissional.

Candidate-se até

submeter candidatura

Download

DECLARAÇÃO DE CONSENTIMENTO

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem submeter a candidatura através desta página (preferencialmente) ou através de correio.

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:

  • Curriculum Vitae em português
  • Certificado de Habilitações Literárias (reconhecidas em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de Consentimento.

Salienta-se que a candidatura só é válida mediante a apresentação da Declaração de Consentimento devidamente preenchida, caso a candidatura não venha acompanhada da Declaração de Consentimento será eliminada automaticamente.

Os candidatos pré-selecionados na 1ª fase serão contactados pela SCML, no prazo de 15 dias (úteis) após a data limite de receção de candidaturas.