“Estou Aqui Adultos!”. Santa Casa e PSP mais próximas dos cidadãos

As duas instituições voltam a unir esforços para garantir o bem-estar dos cidadãos mais vulneráveis. Misericórdia de Lisboa é parceira do programa “Estou Aqui! Adultos” desde a sua primeira edição, em 2015.

“Um senhor desapareceu de manhã e conseguimos encontrá-lo nesse mesmo dia graças à pulseira ‘Estou Aqui Adultos!’”. A frase é do Comissário da Polícia de Segurança Pública (PSP), Artur Serafim, que, esta quarta-feira, na sede da Associação para Serviço de Apoio Social a Reformados da EPAL, relançou um projeto que começou a ganhar forma em 2015, mas que parece fazer agora mais sentido do que nunca.

A iniciativa é destinada a pessoas que, em função da idade ou da patologia, possam ficar desorientadas ou inconscientes, ainda que momentaneamente, na via pública. Só em 2020, a PSP conseguiu auxiliar 20 cidadãos através desta ação, permitindo de forma rápida e segura o encontro da pessoa com o familiar ou instituição associada ao utilizador da pulseira.

“Em finais de 2016, o programa ficou acessível a todos os cidadãos a nível nacional. A pulseira faz com que a PSP, através do número gravado na mesma, identifique mais rápido o cidadão  em questão. É uma forma de nos ajudar a chegar à sua identificação e localização de forma muito mais segura, ainda que a pulseira não tenha um localizador GPS ou outro sistema de localização”, explica o Comissário Artur Serafim.

Sérgio Cintra, administrador da Ação Social da Misericórdia de Lisboa, deixou elogios à PSP pela iniciativa. Esta entidade tem ajudado a Santa Casa a dar uma melhor resposta na cidade de Lisboa, sobretudo no âmbito do projeto RADAR. Para o administrador, este é um programa que “faz todo o sentido na estratégia de cogovernação da cidade” e que vai ao encontro da missão da Santa Casa.

“Nós e a PSP somos, seguramente, das duas instituições da cidade em que as pessoas mais confiam. Elas sabem que num momento de necessidade nós estamos cá para executar a nossa missão e para apoiá-las. Estar pelas boas causas é apoiar necessariamente este projeto”, considera.

A Misericórdia de Lisboa é parceira do programa “Estou Aqui Adultos!” desde a sua primeira edição, em 2015. A associação da Santa Casa a estas iniciativas da PSP começou em 2012 com o programa “Estou Aqui”, destinado a crianças, com o principal objetivo de zelar pela proteção dos mais jovens e transmitir um sentimento de segurança aos pais.

A pulseira “Estou Aqui Adultos!” em cinco passos essenciais

1) Um cidadão é encontrado inanimado ou desorientado na via pública sem qualquer documento;

2) A pessoa tem no pulso a pulseira com o código alfanumérico e alguém liga para o 112 a informar da situação;

3) A chamada é transferida para o Centro de Comando e Controlo Estratégico da PSP, que fará a identificação do cidadão através do código da pulseira;

4) É enviada uma patrulha da PSP para o local e as autoridades de segurança entrarão em contacto com o familiar/instituição responsável por prestar apoio;

5) Esta ferramenta, segundo garantia da PSP, permite que as autoridades prestem uma resposta mais rápida e mais segura.

As pulseiras são gratuitas, pessoais e intransmissíveis. A inscrição pode ser feita pelo próprio ou através de representante (familiar ou instituição associada ao utilizador) através do endereço de correio eletrónico estouaqui@psp.pt.

  • Ação Social
  • Estou Aqui Adultos
  • Lisboa
  • PSP