Já são conhecidos os vencedores da 4ª edição do Santa Casa Challenge

O júri do concurso de inovação social digital "Santa Casa Challenge", promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), anunciou esta terça-feira, 28 de abril, os vencedores da edição deste ano.

Em tempos de pandemia, num modelo diferente do habitual, a final do Santa Casa Challenge foi transmitida em direto, através do Facebook da Casa do Impacto e da plataforma Zoom. Em cinco minutos, os dez finalistas apresentaram os seus projetos a um júri, composto por Inês Sequeira, diretora da Casa do Impacto, Ricardo Lima, head of startups da Web Summit, Carla Pimenta, head of startup engagement da EDP.

“Como podemos promover conhecimento, ações e respostas das comunidades às alterações climáticas?” é o desafio da edição que foi lançada em novembro, durante a presença da Casa do Impacto na Web Summit.

Na 4ª edição do Santa Casa Challenge, os participantes foram desafiados a encontrar e desenvolver soluções inovadoras de base tecnológica e digital, que respondam aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis; 12 – Consumo e Produção Sustentáveis e 13 – Ação Climática.

Os vencedores foram The Equal Food Co. (primeiro lugar), MAG2CLean (segundo lugar) e Genviot (terceiro lugar). O projeto vencedor (The Equal Food Co.) visa combater o desperdício alimentar e fazer com que todos os alimentos sejam valorizados, minimizando o desperdício e gerando valor. Trabalham com produtores e empresas para redirecionar produtos destinados a resíduos para novos mercados, construindo uma cadeia alimentar mais sustentável, sem excedentes e produtos “feios”. Já a MAG2CLean é um nanossistema superparamagnético que pretende fazer o tratamento de efluentes poluídos, e a Genviot é uma solução de rega sustentável Plug&Play.

Os três vencedores recebem Alpha Packs para a Web Summit 2020, sendo que o primeiro e o segundo lugar recebem ainda um pack de incubação gratuita para dois membros da equipa, durante um ano, na Casa do Impacto. Ao primeiro lugar é atribuído, ainda, um prémio de 15 mil euros para investimento no projeto.

Para Inês Sequeira, diretora da Casa do Impacto, o objetivo desta edição do Santa Casa Challenge foi alcançado. “No início desta edição tínhamos fortes expectativas de encontrar projetos promissores de inovação ambiental, e o objetivo foi atingido. Os dez finalistas foram candidatos à altura e esperamos que todos continuem a trabalhar para a Década do Clima pelos inúmeros motivos de alarme com que somos diariamente confrontados e pela urgência em salvarmos o planeta”, salientou Inês Sequeira.

“É fundamental trazer inovação para esta causa, por isso é que queremos apoiar e investir nestes projetos vencedores. É essencial dar-lhes uma oportunidade para que estas novas soluções surjam e ganhem escala”, concluiu.

Santa Casa Challenge é um concurso promovido no âmbito da estratégia de investimento da Casa do Impacto, que premeia soluções tecnológicas inovadoras que deem origem a dispositivos, aplicativos, conteúdos digitais, serviços web ou de comunicação, exequíveis do ponto de vista tecnológico.

  • Empreendedorismo Social