Lotaria Nacional faz 237 anos. A cronologia do jogo que celebra Portugal

18 de novembro de 2020: a Lotaria Nacional comemora 237 anos. Em 1783 entraria para a história como o primeiro jogo explorado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, na altura autorizado por Dona Maria I. São mais de dois séculos de Lotaria, o jogo que celebra Portugal.

É o jogo mais antigo do portefólio dos Jogos Santa Casa. Durante mais de dois séculos de existência, a Lotaria Nacional foi-se adaptando com os tempos, mas mantendo-se fiel à missão que assumiu em 1783: as boas causas.

Os lucros da Lotaria Nacional em muito contribuíram para que a Misericórdia de Lisboa, sobretudo ao longo do século XX, conseguisse alargar os seus serviços de assistência, tornando-se numa das pioneiras na proteção à maternidade e à primeira infância. Hoje, continua a ser um recurso fundamental para a Santa Casa, permitindo que a instituição continue a desenvolver um trabalho exemplar no apoio aos mais desfavorecidos.

Celebrar Portugal acabaria por ser mais uma missão assumida pela Lotaria. Este é um jogo que, ao longo dos tempos, se tem mantido associado a momentos relevantes da cultura portuguesa, através de extrações da lotaria dedicadas a temas relacionados com a religião, património ou a eventos especiais do ano, e que tem como elemento maior a emblemática Lotaria do Natal.

O jogo tem vindo a “personificar” nas suas extrações não só o sonho do prémio, mas uma causa, uma celebração, uma evocação histórica, as regiões e o povo. Exemplo disso é a edição de final deste ano, dedicada às aldeias de Portugal, que evidencia alguns dos territórios rurais de Portugal. São “237 anos a anunciar a sorte” – tal como apregoa a nova campanha da Lotaria Nacional.

 

A história da Lotaria faz-se numa viagem que começou em 1783. Como nasceu e como evoluiu o primeiro jogo explorado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa?

1783
Nasce a Lotaria Nacional. D. Maria I autorizou a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa a explorar uma Lotaria anual sob a tutela e a fiscalização da Fazenda Real.

1784
A 1 de setembro, acontecia a primeira extração da Lotaria, cujo sorteio durou 34 dias. Os lucros da lotaria seriam repartidos pelo Hospital Real, pela Casa dos Expostos e pela Academia Real das Ciências.

1893 
A lotaria passou a ser explorada, em regime de monopólio, pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

1901
Inauguração da atual Sala de Extrações e eletrificação das esferas de 1863.

1926
O artigo 1º do Decreto nº 12 790, de 30 de novembro, estabeleceu que as lotarias seriam exploradas pela Misericórdia de Lisboa, por conta do Estado, sendo renomeadas de Lotarias da Misericórdia de Lisboa.

1939
É criada a “Lotaria Nacional Portuguesa” com extrações semanais.

1987
Realiza-se a primeira extração da Lotaria Popular.

2010
Além dos bilhetes físicos a Lotaria Nacional passa a ser comercializada também nos terminais de jogo dos mediadores Jogos Santa Casa.

2019
Assiste-se à modernização e agilização do processo de distribuição deste jogo. Em setembro, a Lotaria Nacional (Clássica e Popular) junta-se à raspadinha, ao Totoloto e ao Euromilhões no leque de jogos disponibilizados pela App Jogos Santa Casa.

Portal e APP JSC

  • 237 anos
  • Cronologia
  • Jogos Santa Casa
  • Lotaria